Sandoz conclui a aquisição do negócio de cefalosporina da GSK

A Sandoz, uma divisão da Novartis, concluiu com sucesso a aquisição do negócio de antibióticos de cefalosporina da GSK.

“Os antibióticos são a espinha dorsal dos sistemas de saúde modernos e o pilar central da nossa oferta mundial para pacientes Sandoz” disse o CEO da Sandoz, Richard Saynor. “O fechamento bem sucedido e oportuno desta importante transação é mais uma prova do nosso compromisso na Sandoz de sermos um fornecedor líder mundial destes medicamentos essenciais.

“Cefalosporinas são o maior segmento de antibióticos por vendas globais e esta aquisição complementa nossa posição #1 em penicilinas genéricas, outro segmento chave. Ela também nos prepara para sinergias adicionais impulsionadas por uma maior pegada promocional em todos os mercados”.

A transação exclui direitos sobre certas marcas anteriormente vendidas pela GSK nos EUA, Austrália e Alemanha. A GSK também manterá todos os direitos de marca na China (excluindo Taiwan, Hong Kong e Macau), Índia, Paquistão e Egito e certas marcas no Japão.

Em linha com sua estratégia de fabricação integrada, a Sandoz pretende, a longo prazo, fabricar Zinnat® em locais de sua própria rede, que tem a produção global de antibióticos centrada em sua principal unidade de produção em Kundl, Áustria. Em maio, a Sandoz anunciou planos de investir mais de 150 milhões de euros em sua rede única de antibióticos integrada verticalmente, com base na Europa.

Fonte – Assessoria de Imprensa da empresa