Febrafar inicia processo de compliance apresentando Código de Conduta

A Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar) completou recentemente 20 anos e deu mais um importante passo para aprimoramento de seus processos e para se consolidar como referência em gestão associativista no país, com a apresentação de seu programa de compliance e seu Código de Conduta.

Essa é uma medida muito importante para os tempos atuais e significa que a entidade está agindo de acordo com regras ou instruções. O termo compliance tem origem no verbo em inglês to comply, que significa agir.

No âmbito corporativo, significa estar em conformidade com as normas externas (ambiental, fiscal, trabalhista, societária, contratual, concorrencial, administrativa e penal) e diretrizes internas (como o código de ética, procedimentos e políticas internas) que regem cada negócio.

O primeiro passo para implementação do Compliance na organização foi dado neste meio de ano, com a apresentação do Código de Conduta da Febrafar. Também foram criados canais reportar possíveis violações ao Código de Conduta, políticas, procedimentos ou leis, que são: Departamento de Compliance, Canal de Conduta no site da Febrafar (https://www.febrafar.com.br/a-febrafar/codigo-de-conduta/) e e-mail: canaldeconduta@febrafar.com.br.

“O Código de Conduta contempla os princípios e valores desejados de atuação na prestação de serviços da Febrafar e consagra o trabalho de profissionais, colaboradores e associados que já passaram e que ainda estão conosco”, explica Edison Tamascia, presidente da Febrafar.

Edison complementa que o Código de Conduta da Febrafar pode ser visto como um guia, com diretrizes e referenciais de condutas desejadas e que devem nortear as ações e decisões da diretoria, dos colaboradores e dos associados, apresentando como agir em relação aos nossos parceiros, concorrentes, sociedade e governo. Todo o material foi desenvolvido pela área jurídica da entidade, sempre focado no propósito do trabalho que realizam que é: Melhorar a vida das pessoas.

Segundo a advogada Paula Aciron, que coordenou todo o trabalho, o resultado apresentado foi bastante positivo. “Iniciamos todo o processo de elaboração no começo de 2020 e o resultado foi um material bem consolidado e amplo, que mostra que nossa conduta é baseada em princípios e valores sólidos e que demonstram nosso caráter ético, exemplo de boa conduta e respeito em nossas relações”

A leitura, compreensão e posterior assinatura do documento será solicitada aos dirigentes, colaboradores, associados, parceiros, fornecedores, prestadores de serviços e qualquer pessoa que participe de atividades da Febrafar.

Dentre os benefícios da definição do processo de compliance, feito sob medida para a Febrafar, está a proteção da integridade civil e criminal da entidade, a transparência e confiança nas relações internas e externas, a possibilidade de maior eficiência e produtividade e melhoria da imagem corporativa para o mercado.

O diretor administrativo e de recurso humanos da Febrafar, André Costa, finaliza lembrando que o processo de implementação do Código de Conduta não deverá encontrar dificuldades, pois tudo o que foi estabelecido no material já eram práticas intrínsecas da atuação da entidade, que agora só vem consolidar esse posicionamento.