Farmácias Associadas chega ao Mato Grosso do Sul

A Farmácias Associadas, rede associativista com 800 pontos de venda no Rio Grande do Sul e faturamento de R$ 1 bilhão nos últimos doze meses, estreia sua atuação em agosto no Mato Grosso do Sul.

A escolha pelo Estado se deu a partir de pesquisas de mercado e análise de dados, como os da Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar), apontando que apenas 19% das 1.070 farmácias do Mato Grosso do Sul operam através do associativismo ligadas à entidade (dados de 2017), o que significa um mercado promissor para a incorporação da marca Farmácias Associadas.

Rede já começa com mais de 30 lojas

A parceria fechada entre a Farmácias Associadas e os empresários locais já conta com a adesão de 32 lojas neste primeiro momento. As unidades estão distribuídas em 24 municípios do Estado, entre eles a capital Campo Grande, e as cidades de Bonito e Dourados. No entanto, já estão em curso tratativas com outros empresários que desejam aderir à rede, o que podem resultar em mais de 50 pontos de venda até o final de 2018. Assim como no Rio Grande do Sul, a expansão da marca no MS está sendo liderada pelo interior do estado, que irá concentrar a maioria das lojas.

Benefícios do associativismo

A possibilidade de negociações coletivas com a indústria é, sem dúvida, o principal atrativo do sistema associativista, especialmente diante dos acordos globalizados dos grandes players do mercado farmacêutico, que diminuem a competitividade das pequenas redes e farmácias independentes. Outros benefícios, como produtos de marca própria, que apresentam melhor relação custo-benefício para o lojista, e treinamentos e ferramentas sofisticadas de comunicação e marketing também atraíram a atenção dos associados do Mato Grosso do Sul. Além disso, a equipe comercial já está atuando no Estado para firmar parcerias locais com distribuidoras e indústrias, que criam oportunidades de negociações possíveis somente quando em volumes expressivos.

Fazer parte de uma rede sólida como a Farmácias Associadas representa também a confiança para vencer o momento desafiante do mercado. “Uma das características do associativismo é a relação ganha-ganha. Queremos atuar junto aos empresários independentes de outras praças, levando a eles as vantagens e a competitividade que o associativismo proporciona. Com isso, nos tornaremos ainda maiores e mais representativos no cenário do varejo farmacêutico brasileiro”, comenta Ricardo Duarte da Silveira, presidente da Farmácias Associadas.

Identidade visual

Imediatamente após a assinatura do contrato para adesão à rede, o lojista passa a adotar o layout da Farmácias Associadas, aplicando a identidade visual da marca tanto aos ambientes internos quanto às fachadas e sinalizações externas. O processo de layoutização é fundamental para a identificação do ponto de venda pelo consumidor e dá força ao lojista, que passa a se comunicar como parte integrante a rede maior. A metragem das lojas no Mato Grosso do Sul varia de acordo com o mercado nas quais estão inseridas, com lojas apresentando desde 180m² até 400m², como a unidade na qual acontece a cerimônia de inauguração oficial da marca no Estado, em Bonito, no dia 31 de agosto.

“O associativismo tornou grandes muitos pequenos empresários que, sozinhos, provavelmente já estariam fora do mercado. Apesar de estarem resguardadas sob o guarda-chuva de uma grande marca, as farmácias integrantes da rede permanecem como propriedade dos empresários locais, estando cada um inserido de forma autêntica e atuante em sua comunidade. A proximidade com o público continua sendo a regra principal”, afirma Silveira.

Números da Farmácias Associadas

– A média anual de faturamento de cada loja da Farmácias Associadas é de R$ 1,3 milhão.

– A Farmácias Associadas é responsável por 12,3% de todo faturamento do mercado farmacêutico no Rio Grande do Sul e por 1% do mercado brasileiro.

– A Farmácias Associadas realiza anualmente, na Serra Gaúcha, a sua Convenção e Feira de Negócios, que une associados, indústria e distribuidores de produtos farmacêuticos de todo o país em rodadas de negócios. A 13ª edição do evento será realizada de 17 a 21 outubro de 2018, e o evento deve movimentar R$ 30 milhões em vendas de fármacos e itens de perfumaria, além de promover palestras para sobre negócios e empreendedorismo.

– Todos os anos, a rede promove, em Porto Alegre, a rodada de negócios Business Meeting, já em sua 6ª edição. Em março de 2018, o evento registrou a venda de R$ 9 milhões em produtos, em um único dia de evento.

– A rede possui 65 fornecedores cadastrados, entre indústria e distribuidoras.

– No total, possui mais de 6 mil colaboradores e realiza mais de 4 milhões de atendimentos de balcão por mês.

Dados do mercado farmacêutico global e associativista no período de julho de 2017 a junho de 2018:

– Existem hoje no Brasil um total de 77.400 farmácias, com faturamento de R$ 114.6 bilhões.

– O mercado farmacêutico cresceu 12,8% nos últimos 12 meses no país.

– Existem 57 redes associativistas de farmácias ligadas à Febrafar. Juntas, somam 9.600 pontos de venda.

– As redes associativistas ligadas à Febrafar movimentaram nos últimos 12 meses R$ 12,39 bilhões em vendas.

Dados da Febrafar (Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias)

Sobre a Farmácias Associadas

Fundada em 1999, e com sede administrativa em Porto Alegre, a Farmácias Associadas é a maior rede associativista de farmácias do Brasil. Possui a maior capilaridade do mercado farmacêutico gaúcho, estando presente em 250 cidades do Estado. Realiza a gestão de mais de 250 produtos do seu mix de marcas próprias, que inclui itens cosméticos, de higiene e saúde, e nutrição. As marcas próprias e exclusivas das Farmácias Associadas são: Revitart, Santo Hábito, Crescendo, Revigore e Revimel.



Deixe uma resposta