EMS investirá R$ 120 milhões até 2024 em projetos de aceleração digital

A EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, investirá R$ 120 milhões em transformação digital até o ano de 2024. Os recursos serão empregados em tecnologia digital, treinamento de colaboradores, governança digital e roadmap estratégico.

“O departamento de TI é uma área vital para o futuro dos negócios da companhia e, por isso, criamos um novo setor com equipes multidisciplinares”, reforça Marcus Sanchez, vice-presidente da EMS.

A guinada tecnológica vem se dando rapidamente desde 2020 e, em agosto de 2021, se consolida com a criação do NC Labs, um espaço de cocriação para reuniões, no qual é colocada em prática a rotina do método ágil (tais como Scrum e Kanban, por exemplo), trazendo fornecedores e permitindo que profissionais de áreas diferentes da EMS possam trabalhar em conjunto com a equipe de digital.

Sobre a EMS

A EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, líder de mercado há 15 anos consecutivos, pertence ao Grupo NC. Com 57 anos de história e mais de cinco mil colaboradores, atua nos segmentos de prescrição médica, genéricos, medicamentos de marca, OTC e hospitalar, fabricando produtos para praticamente todas as áreas da Medicina. Tem presença no mercado norte-americano com a sua controlada Vero Biotech, localizada em Atlanta, Geórgia (EUA), por meio da qual a EMS obteve em 2019 a aprovação de seu primeiro produto revolucionário, fruto de inovação radical, submetido à FDA (EUA), posicionando o laboratório como uma empresa inovadora no mercado global. A EMS também investe consistentemente em inovação incremental, em genéricos de alta complexidade e é uma das acionistas da Bionovis, de medicamentos biotecnológicos – considerados o futuro da indústria farmacêutica. A empresa possui unidades produtivas em Jaguariúna (SP); em Brasília (DF); em Hortolândia (SP), onde funcionam o complexo industrial, incluindo o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento, um dos mais modernos da América Latina, e a unidade totalmente robotizada de embalagem de medicamentos sólidos; e conta também com a Novamed, localizada em Manaus (AM), uma das maiores e mais modernas fábricas de medicamentos sólidos do mundo. Na Sérvia, possui a farmacêutica Galenika, adquirida em 2017 como parte do processo de internacionalização da companhia. A EMS exporta para 55 países e tem, na Itália, o laboratório de pesquisas MonteResearch. A empresa mantém um histórico consistente de iniciativas sociais, culturais, ambientais e esportivas dentro e fora do país como uma forma concreta de também promover saúde e qualidade de vida.